Mais um negócio feito em benefício do mercado.

Agora é oficial, depois de várias reuniões e encontros intermediados pela Grupo Produção Coletiva saiu a parceria entre o Rural Centro e o Agrocentro, co-realizador do Circuito Feicorte NFT 2013.

O objetivo dessa parceria é um só, fortalecer a pecuária de corte e dar vazão ao trabalho desenvolvido pelo Circuito Feicorte NFT além das fronteiras do agronegócio.

Os resultados ainda vão demorar um pouco para aparecer, mas o trabalho já está acontencendo, confira uma amostra nesta matéria produzida pelo Rural Centro:

Postado em: 10/04/2013

Pecuária no Tocantins: Circuito Feicorte chega pela 1ª vez em Palmas

Palestras abordarão pontos de vista da indústria e do varejo para a carne de qualidade

Devido aos recentes questionamentos lançados sobre o procedimento de abate de bovinos no Brasil, a segurança alimentar e o bem-estar animal foram assuntos discutidos pela imprensa brasileira exaustivamente no último mês. Mas como o brasileiro adora carne bovina, constatação atestada pelo consumo per capita no país (33 kg por habitante/ano, número projetado pela consultoria Informa Economics FNP para 2012), é relevante para o cotidiano do consumidor saber que tipo de carne a indústria brasileira deseja para repassar ao varejo, incluindo mercados e restaurantes.

Estes tópicos estarão entre os assuntos abordados na segunda etapa do Circuito Feicorte NFT 2013, que será realizado em Palmas, capital do Tocantins. O estado, cujo rebanho soma 8 milhões de cabeças de gado bovino e bubalino, receberá pela primeira vez a rodada de workshops, que foi idealizada em 2012 para percorrer cidades brasileiras relevantes para a pecuária com o intuito de levar informação e tecnologia aos criadores de gado de corte. Das dez palestras programadas, duas delas trarão as visões da indústria e do varejo para carne bovina de qualidade. A primeira será proferida por Maurício Manduca, trader de commodities – Inteligência de Mercado do Grupo Marfrig. Depois. Depois, o professor da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp, Pedro Eduardo de Felício, aprofundará o assunto com a apresentação “A carne de alta qualidade”.

+ Veja a grade das dez palestras do Circuito Feicorte NFT 2013 – Etapa Palmas

Serão dois dias de evento, 6 e 7 de maio, em que as apresentações terão foco na eficiência da produção e comercialização da carne bovina. A cadeia produtiva, segundo o coordenador do comitê dos workshops do Circuito, Luciano Roppa, tem que se atualizar para manter a competitividade com as carnes de frango e suína, cujo consumo per capita do brasileiro é de 49,2 kg e 15,3 kg por ano, respectivamente. “Os próximos 10 anos serão de grandes transformações, especialmente para a pecuária de corte, na busca por eficiência. A avicultura e a suinocultura estão mais avançadas no uso de tecnologia e a bovinocultura, especialmente de corte, é a que mais vai se desenvolver tecnologicamente. No Circuito Feicorte vamos abordar diversos aspectos que influenciam na busca por produzir mais, melhor e com menos custos”, explica Roppa.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s