Pro-fissa e a mão de obra capacitada

Segundo pesquisa, Brasil é o segundo país que enfrenta mais dificuldades para encontrar mão de obra capacitada

Considerada como um dos principais problemas do setor produtivo brasileiro, a mão de obra teve sua importância destacada mais ainda pela Pesquisa Sobre Escassez de Talentos 2013, realizada pela empresa Manpower, focada em recursos humanos. Segundo a pesquisa, o Brasil, onde o agronegócio responde por 37% dos empregos, aparece em segundo lugar no ranking de países que enfrentam dificuldades para encontrar mão de obra capacitada, logo após o Japão. Em 2013, porcentagem de empreendedores que apontam o problema como um de seus principais atingiu o maior número desde 2007, chegando a 35% dos 40 mil empresários participantes em 2013.

 Para Régis Borges, idealizador do PRO-FISSA (Agro), a capacitação depende não somente de qualificação técnica, mas também de estratégia e inspiração.

“Diferentemente da qualificação técnica, a qualificação estratégica prepara os profissionais despertando neles comportamentos, habilidades e atitudes aliados às regras do jogo, ou seja, ao modo de operação do mercado e das empresas, preenchendo a lacuna entre formação técnica da academia e a aplicação desse conhecimento nas suas funções”, aponta Borges.

Pelo foco no desempenho profissional, o PRO-FISSA é aplicável a qualquer atividade ou função em uma organização: operações, negócios, técnica, suporte, entre outros.

O programa, em sua primeira edição, vai preparar profissionais para atender pequenas, médias e grandes empresas de setores diversos do agronegócio, como indústrias, lojas agropecuárias, consultorias e mesmo propriedades rurais.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s